Plano de saúde empresarial: conheça as vantagens

Hoje em dia, não ter um bom plano de saúde é algo que preocupa grande parte da população. Depender do Sistema Único de Saúde (SUS) pode significar longas esperas em filas por um atendimento médico, incerteza de fazer os exames necessários e outros diversos problemas. Além disso, a expectativa de vida do brasileiro tem aumentado, o que torna ainda mais importante um convênio médico para cuidar da saúde em todas as fases, do nascimento até a terceira idade.

Existem no mercado diferentes tipos de plano:

  • PLANO INDIVIDUAL E FAMILIAR

O plano individual é voltado para quem não tem dependente e não tem a opção de fazer parte de um plano de saúde empresarial. Já a modalidade familiar, como o próprio nome diz, é feito por pessoas que sejam da mesma família.

  • PLANO DE SAÚDE COLETIVO POR ADESÃO

Neste tipo de plano os usuários estão ligados a entidades de classe ou setor, conselhos, sindicatos e associações profissionais.

– Características:

Condições de cobertura altamente flexíveis. Além disso, a quantidade de beneficiários é levada em conta na hora de calcular o valor da mensalidade.

  • PLANO COLETIVO EMPRESARIAL

É um convênio oferecido por empresas e corporações aos seus funcionários e colaboradores. É caracterizado como compulsório porque a totalidade dos funcionários registrados entra na cobertura contratada. Entretanto, se um funcionário ou mais ficar de fora da contratação, já passa a ser a modalidade opcional, cujo valor é um pouco mais alto.

– Mensalidade:

Costuma ter a mensalidade reduzida, se comparado a outras modalidades de plano. Se comparado a planos de saúde individuais, a redução pode chegar a 30%.

– Carência:

O prazo de carência pode ser reduzido de acordo com a quantidade de pessoas existentes no contrato. Ou seja, quanto mais integrantes tiver, maior poderá ser a redução da carência, favorecendo os usuários.

– Cobertura:

Maior cobertura em relação a outros planos. Existem algumas empresas que oferecem plano com cobertura nacional, abrangendo o Brasil todo e até planos com cobertura internacional.

– Maior possibilidade de negociação de preços:

A Agência Nacional de Saúde (ANS) não regula os reajustes de preços dos planos de saúde empresariais. O órgão apenas acompanha as alterações de valores. Desta maneira, os valores são negociados diretamente entre a operadora de planos e a empresa. Isto se torna vantajoso, pois cresce a possibilidade de negociação.

– Abatimento no Imposto de Renda:

Quem paga plano de saúde particular tem condições de abater o valor gasto no imposto de renda. Isso vale para qualquer tipo de plano: individual/familiar, coletivo por adesão (contratado por associações, cooperativas, sindicatos, etc) e empresariais. Nestes, o colaborador poderá abater os valores pagos por ele, não o valor pago pela empresa. Se tiver dependentes, será necessário incluí-los em sua declaração anual e aí então detalhar as despesas médicas em nome deles.

 

  • COMO FAÇO PARA ADERIR?

 

Não é complicado participar de um plano de saúde coletivo. Contanto tenha um registro, um arquiteto que trabalha como “freelancer”, por exemplo, poderá aderir a um plano oferecido por um conselho profissional (coletivo por adesão). O dono de um bar, por sua vez, tem a opção de contratar um micro plano para os funcionários da sua empresa (coletivo empresarial), ou mesmo se associar ao produto oferecido pelo Sindicato de Bares e Restaurantes (coletivo por adesão). Como o número de participantes será maior no último caso, ele deverá arcar com mensalidades mais baratas.

  • OPERADORAS

Muitas operadoras oferecem esses planos para pequenas, médias e grandes empresas, podendo as condições e contratos mudar conforme as peculiaridades de cada caso, porém sempre de acordo com as normas da ANS.

Algumas das principais empresas de convênio são: Bradesco Saúde, Amil, Sulamérica, Omint Empresarial, One Health Empresarial, Unimed, entre outras.

 

CONCLUSÃO

Ter um plano de saúde é a prioridade da grande maioria dos colaboradores de diversas empresas de pequeno, médio ou grande porte. Seja qual for a sua escolha, pesquise sempre sobre as operadoras para optar pela empresa que melhor se adéqua ao seu perfil. Existem muitas opções disponíveis no mercado, porém, do ponto de vista da economia, os planos coletivos empresariais inevitavelmente largam na frente.

Caso tenha interesse em saber mais sobre as vantagens de contratar um plano de saúde empresarial, busque uma consultoria especializada.

Até a próxima!

Ricardo Eduardo – Consultor de Economia W1